Será que os nossos avós não estão sofrendo de alguma doença psiquiátrica?

Será que os nossos avós não estão sofrendo de alguma doença psiquiátrica?

A população idosa em nosso pais vem aumentando, e o envelhecimento não necessariamente se desenvolve sem o padecimento de transtornos psiquiátricos. Dentre estes, os transtornos de humor são as desordens mais comuns em indivíduos idosos. A longevidade e o mau humor não são sinônimos de uma velhice sadia, pelo contrário, deve ser avaliada por um psiquiatra pois as patologias de humor podem comprometer seriamente a qualidade de vida dos idosos e de seus cuidadores ou familiares, bem quanto o agravamento de outras doenças.

Dentre estas patologias estão o Transtorno Depressivo Maior, “a Depressão”; e a Distimia, um estado depressivo mais brando que se caracteriza por mau humor constante, birras, confronto com familiares desnecessários. Estas duas patologias tendem à cronicidade se não tratados no início dos sintomas ou se vem de episódios remissivos mal tratados ou não tratados durante o desenvolver da vida.

Atualmente as queixas dos idosos não tendem a ser de ordem física exclusivamente mas também de ordem social e familiar, por este motivo é necessário uma avaliação abrangente e criteriosa sobre suas queixas, que devem ser valorizadas, principalmente pela perda da importância social que normalmente é confundida como consequência e costumeiramente negligenciada.

Depressão em idosos
Depressão em idodos

A questão se agrava ainda mais na presença de doenças clínicas, por exemplo, até 20% dos portadores de doenças coronárias crônicas apresentam transtorno depressivo, e aumenta ainda mais em quadros de doenças dolorosas ou de idosos institucionalizados ou com poucas oportunidades de lazer ou solidão.

Abordaremos esse tema em inúmeros artigos pela sua abrangência e importância social.

Vale aqui ressaltar a importância de se iniciar o tratamento psiquiátrico com antidepressivos em baixas doses de início aumentando gradativamente até atingir a dose alvo. Cuidemos dos nossos idosos pois chegaremos lá e esperemos que a conscientização de um simples mau humor ou piora de doenças pode estar relacionado à algum transtorno psiquiátrico.
Fonte:

DEPRESSÃO EM IDOSOS. Emylucy M. P. Paradela
Indicadores de depressão em idosos e os diferentes métodos de rastreamento; Amanda Gilvani Cordeiro Matias1 , Marília de Andrade Fonsêca2 , Maria de Lourdes de Freitas Gomes3 , Marcos Antonio Almeida Matos

Fatores associados à depressão em idosos institucionalizados: revisão integrativa Isabelle Rayanne Alves Pimentel da Nóbrega1, Márcia Carréra Campos Leal2, Ana Paula de Oliveira Marques3, Júlia de Cássia Miguel Vieira4

Deixe uma resposta