TAG Transtorno de Ansiedade Generalizada

Você sabe o que é TAG?

Os transtornos ansiosos já haviam sidos descritos há muito antes do século XIX, no entanto em 1866 que um pensador chamado Morel afirmou que a ansiedade apresentava tanto manifestações subjetivas quanto somáticas, apontando o envolvimento do sistema nervoso autônomo.

Hoje ela já é considerada pela persistência de primordial de ansiedade e preocupação excessiva e graças ao reconhecimento clínico dos pesquisadores ela pode ser validada como diagnóstico com a mesma confiabilidade que a depressão Maior, por exemplo.

Diagnóstico

Em diversas situações os sintomas da ansiedade manifestam-se de maneira anormal às demandas do ambiente. Trata-se de então em primeira escala diferenciar a ansiedade normal e já esperada da ansiedade disfuncional. Assim que caracterizado observamos o tempo de duração deste sintoma que ocorre geralmente por mais de 6 meses, durante a maior parte dos dias e a maior parte do dia com preocupação excessiva , de difícil controle, levando a hipervigilância, tensão subjetiva, apreensão, hipervigilância, e os sintomas somáticos(corpo) como tensão muscular, que leva a dores, cefaleia, dificuldade para dormir e de concentração. Esses sintomas mencionados devem causar danos à pessoa e prejuízos sociais e ocupacionais.

working_alone
TAG

Os estudos mostram que jovens não diagnosticados e não tratados devidamente podem levar a um maior risco de associação ao uso e abuso de substancias ilícitas, para aliviar o sofrimento psíquico do que os jovens não portadores dessa condição.

Caso você tenha identificado algum desses sintomas o tratamento é realizado com uso de fármacos, bem como terapia cognitivo comportamental e a prática de exercícios físicos.

Procure um Psiquiatra para ajudá-lo a iniciar o tratamento.

Fonte: Psiquiatria na Prática clínica; Editora Manole 2013.
Clinica Psiquiátrica, Editora Manole 2014
Diretriz Brasileira de Transtorno de Ansiedade Generalizada, Projeto Diretrizes.

Deixe uma resposta